fugativa_avaliar_2A segunda forma de avaliar o enigma de um escape game é pela sua aderência ao jogo, se ele corresponde ao estilo da cenografia e ambientação, utilizando recursos e elementos compatíveis e adequados ao seu tema.

O enigma aderente também significa maior diversão e envolvimento dos jogadores com o seu escape game, por isso é importante atenção aos seus detalhes, como a qualidade física dos elementos que fazem parte, que podem ser fotos, cartas, mapas, moedas, notas de dinheiro, peças de um jogo como xadrez, dominó ou outro, ou mesmo pedras cenográficas, castiçais, livros, enfim, o que quer que faça parte do seu enigma deve ter a melhor qualidade possível.

É fundamental resistir à tentação de utilizar um enigma com boa qualidade mas pouca aderência: ele vai se destacar dos demais enigmas da sua sala e, mesmo sendo interessante, passa a impressão de pouco cuidado na elaboração da sala como um todo.

Por questões técnicas e de montagem, alguns enigmas podem ficar um pouco menos aderentes do que o ideal. Nestes casos vale a criatividade em buscar soluções o mais aderentes possíveis, mesmo que com restrições. Como exemplo podemos imaginar um jogo com temática de bar ou restaurante e que use elementos comuns a estes lugares, como copos, prato, garrafas ou talheres como parte dos enigmas. É sempre complicado colocar vidro dentro dos cenários, tanto na decoração, mas principalmente em elementos que serão manuseados, pelo risco de quebra e de ferir os jogadores. Assim, você poderia substituir os elementos físicos por outros, de plástico, acrílico ou similar, mantendo a aderência ao tema e evitando desnecessários. Uma discreta perda de aderência é facilmente entendida como uma questão de segurança.

Também é possível que a aderência fique comprometida por questões de orçamento e algumas adaptações sejam necessárias. Também neste caso é importante focar no resultado final, usando elementos o mais próximo possível do ideal e, eventualmente, até alterando o fluxo do seu enigma para incorporar outros itens.

Se o seu enigma vai prever interação com uma múmia ou um sarcófago do antigo Egito, por exemplo, e sua verba não comporta a construção deste item em tamanho real e com detalhes compatíveis, utilizando sensores de movimento, você pode pensar em mudar seu enigma usando outros elementos, como vasos de cerâmicas e pequenas estátuas, incorporando este elemento maior como parte do cenário, ou até apenas parte dele, dentro de nicho na parede. Os jogadores vão gostar do mesmo jeito e a aderência ficará mantida.